segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Era uma vez... o Amor!

A cada dia que passa, minha princesa, amo-te um bocadinho mais, mais e mais...
Chega a doer!
Contigo aprendi que é possível apaixonarmo-nos vezes sem conta!
A cada minuto que passa apaixono-me novamente por ti... com uma intensidade ainda maior, indestrutível!
-
Parabéns, meu bebé lindo!
-
O milagre da vida estava prestes a acontecer...-há três anos atrás!
--
Depois de várias tentativas para que a epidural começasse a fazer o seu efeito, o anestesista já desesperado à minha resposta afirmativa sempre que me perguntava se eu sentia ainda alguma coisa, a mamã só conseguia pensar que faltava pouco, talvez alguns minutos para finalmente conhecer o rosto do anjo que tantas vezes tinha povoado os meus sonhos...
-
Tinha medo, tremia, tremia muito... mas nesse misto confuso de emoções, a felicidade, a ânsia de querer que tudo corresse bem eram os sentimentos predominantes!
Continuava a sentir sempre que me tocavam... De repente, vejo a Dra D. entrar, e como por magia, como quem pega num lápis de cor para um lindo arco-íris desenhar, sinto-a "abrir-me"! Não sei como, mas se uns segundos antes ainda sentia as mãos do anestesista, deixei de sentir qualquer tipo de dor. Somente a sensação de que me estavam a retirar de mim o meu bebé, o meu anjo!
Não querias sair... "Olha, não me digas que tenho que ir buscar as ventosas!" - ouço a Dra D. dizer num tom muito surpreendido. De facto, estavas de tal maneira encaixadinha em mim que não te conseguiam tirar... talvez não quisesses quebrar o elo que ainda te mantinha totalmente dependente de mim, do meu ser, do meu respirar!
À minha volta, só consegui ver que enfermeiras, anestesistas e a própria Dra D. carregavam na minha barriga para te ajudar a nascer! Senti medo, receio talvez... ali sozinha no meio de tantas pessoas!
-
Subitamente, um impulso... um choro! As lágrimas que teimosamente invadiram o meu olhar! O teu choro... ainda o ouço, um choro de vida, de esperança, um hino ao Mundo que lá fora sorria aguardando a tua chegada, um choro de mimo, um choro meu...
"Sai à mãe! Chora bem!" - disse sorrindo-me a minha médica!
-
Vejo-te... qual miragem, um ser pequenino que tive quase que implorar para que me mostrassem! Com a pressa de te levar para tratar de ti, quase se esqueciam de te apresentar à mamã... que desespero! Só consegui perguntar "Está bem?" ao que o enfermeiro ou pediatra (acho eu!) apercebendo-se do meu nervosismo e apercebendo-se que não me tinha mostrado ainda a tua carinha, virou-te para mim e simplesmente disse "É linda, não se preocupe! Tem aqui uma princesa muito linda!"
-
Vi-te... conheci-te... e acredita meu amor, essa imagem, esse momento passado há três anos atrás ainda está gravado na minha memória, como se tivesse sido há um minuto apenas. Lembro-me tão bem! Recordo com tanta clareza que naquele momento pensei que me tinham enviado um anjo... eras tão bonita, tão indefesa... e o teu choro que continuava a fazer-se ouvir não saía do meu pensamento! Queria sentir-te, queria tocar-te, queria deliciar-me com a tua imagem... queria abraçar-te, queria-te simplesmente para mim...
-
A Dra D. cuidou de mim e a um certo momento comecei a sentir que ela mexia dentro de mim... não era propriamente dor, mas eu sentia tudo o que me estavam a fazer e assustei-me! Assustaram-se todos... teria o efeito da anestesia passado? A máquina das batimentos cardíacos disparou e só me perguntavam se eu não tinha dores, que não podia ter, não era possível! E eu respondia que não, que só sentia que me estavam a fazer qualquer coisa! Respirei fundo... e tudo acalmou! Todos acalmaram...
-
Eram quinze horas do dia 26 de Novembro de 2004... o milagre da vida tinha acontecido e eu, bem eu, estava prestes a conhecer e a desvendar os mistérios do Amor, faltava apenas algum tempo até te ter ao pé de mim!
Quando te puseram nos meus braços para irmos para o recobro, deu-me a sensação que abraçava o Mundo inteiro naquele momento, que toda a minha vida se resumia àquele pequeno ser ali nos meus braços para quem eu olhava... deliciada e admirada! Eras minha... tão pequenina, tão bonita! Afinal eras tu, meu amor, que durante tanto tempo tinhas preenchido os meus dias de sonhos e expectativas, afinal eras tu... quem me tinha escolhido para ser tua mamã! E que orgulho, bebé, que orgulho!
-
Apertei-te a mim, bem juntinho ao meu coração, queria que soubesses que a partir daquele momento o meu coração bateria em sintonia com o teu... para sempre! E que juntas iriamos palmilhar o caminho do Amor e da Felicidade!
-
Amo-te muito, meu bebé lindo... daqui até à lua!
-
-

21 comentários:

Carla Santos disse...

MUITOS PARABÉNS !!!
as histórias do parto são sempre tão bonitas depois que já passaram, até eu que tive 30 horas de parto sinto saudades ... ah! e eu não me livrei das ventosas !

que tenhas dias ( não só hoje , mas sempre) muito felizes rodeados de amor

beijinhos grandes da carla :)*

e come uma fatia de bolo por mim
:P

dangerously in love disse...

Muitos, muitos parabéns por este 3º aniversário Joaninha! Tens uma mamã linda, que te adora daqui até a lua... Espero que sejam sempre muito felizes!
p.s: Essa do lápis, senti tal e qual;)
beijocas grandes

Ana Isabel disse...

Muitos, muitos e muitos parabéns pelos 3 aninhos da Joaninha.
Bjs

disse...

Parabéns Joaninha!!!!
Que a vida te seja leve minha querida, que te sintas sempre amada,que tenhas sempre saude, que sejas muito feliz!

Beijinhos

Mamã Elsa disse...

Passei aqui muito rapido para deixar os Parabens à Joaninha e claro aos pais que tb estão de Parabens...
Logo venho cá com mais tempo.
Muitas felicidades.
beijocas

docinho disse...

PARABENS por este amor agora com 3 aninhos... pelas lágrimas... pelo sorriso... pela felicidade que sinto em TI!

Beijos a soprar velinhas

Andreia disse...

Muitos Parabéns Joaninha!!! Que sejas sempre muito feliz e que sintas sempre orgulho nos teus papás que te amam muito!

Adorei o relato do teu parto, fizeste-me chorar (para variar)...

Mais um vez, muitos Parabéns e muitas felicidades!

María&Peste disse...

Muitos muitos parabéns linda Joaninha pelos teus 3 aninhos :)

Que a vida te sorria sempre e que recebas hoje muitos, muitos miminhos extra :)

Bjnhos grandes

sophis disse...

Um beijo grande para essa boneca. E para a mãe. bjs

aminhaprincesa disse...

Muitos parabéns!
Beijos

marta

Mamã Elsa disse...

Estou aqui novamente...
Agora li com calma... que descrição. Foste para o recobro com a Joaninha... eu não... tive lá umas duas horas longe do meu André, não sabia de nada... foi cruel. beijocas

Manela disse...

Pois, é meia noite e vinte e oito, já passou o dia, não tive tempo de vir cá mais cedo mas mesmo assim: Parabéns para a Princesa. O que eu espero que que sejas mt mt mt feliz, sempre rodeada por quem te ama, mta mta saúde, e sorte para enfrentar este mundo que nem sempre é cor de rosa. Um bj do tamanho do mundo para ti Joana e para a mãe forte e doce que tu tens.

Cláudia disse...

Muitos parabéns!!!
Ontem não pude vir e hoje vim a correr logo de manhã!
Tudo de bom para voc^s e para ela!
3 Aninhos grandes e cheios de aventuras, daqui para a frente´só vai melhorar!

bjs desta «tia» babada!

Costinhas disse...

um beijinho grande de parabéns!

(mesmo que atrasados um dia :p)

que essa joaninha continue sempre a voar e crescer livre e feliz!

Gabriela disse...

Para não variar, estou aqui com as lágrimas soltas e a tentar disfarçar para as colegas não verem!
Linda descrição de um dia mágico.
Parabéns para a Joaninha e para os papás babados!
Beijocas

Cristina disse...

Parabéns. Um dia de atraso, mas sentidos!!!

Bjos

Cristina

Cláudia disse...

Voltei... Deixa um comentário com o teu msn lá no meu blog. Eu não publico... Assim que possa entro em contacto contigo via msn, ok?
;)

Bjs

Mãe-Galinha disse...

Muitos Parabéns!

Embora atrasados, vão carregadinhos de miminhos e beijocas! (sabes, nem sempre tenho net, mas pensei em vocÊs ontem e no vosso dia especial...)

Muitos beijos e parabéns por estes 3 anos maravilhosos

. disse...

Parabéns atrasados! Que belos e marcantes momentos. Comoventes...


Luz de Estrelas


Muita alegria para essa casa!

Maria disse...

Muitos muitos parabéns!! Que a vida vos sorria sempre cheia de saúde e cheia desse amor tão bonito!

Muitos beijinhos!

disse...

Não consegues? zaidaafonso@sapo.pt ??? Que estranho!
Mas não dá como? o que diz?