segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Do fim-de-semana e de ti...


Foste ver o espectáculo do Ruca... ainda por cima com as tuas amiguinhas preferidas, a I. e a B. Se no início estavas muito atenta a tudo o que se estava a passar, a meio do espectáculo já batias palmas e dançavas ao som da música! As luzes, as cores, os bonecos... uma mistura perfeita para a tua imaginação cor-de-rosa!
Para mim, o teu sorriso, as tuas gargalhadas, o teu olhar doce a absorver tudo o que te rodeava foram a parte mais bonita do espectáculo!
De tarde, muito passeio, muita conversa, muita aventura! E por cada sítio por onde passaste, foste deixando o teu encanto seduzir as pessoas...
-
No domingo, o papá foi trabalhar de tarde, pelo que nos deliciamos uma da outra outra! Tentar nanar-te... tarefa impossível! Assim, nada melhor que ter uma tarde só nossa para nos enchermos de mimo, de brincadeira, de beijinhos e abraços sem fim! Fazer aquilo que a mamã tantas vezes pede ao tempo e não consegue... pará-lo e enchê-lo de recordações de nós as duas!
E no final do dia, um magusto com o teu amiguinho J.!
Cansaço... não! O Mundo é belo demais para se desperdiçar tempo! A tua ânsia e e desejo de partilha e descoberta são demasiadamente fortes para perder um minuto que seja...
-
Como gosto de te ver crescer, embora já sinta tantas vezes saudades do tempo em que ainda eras um bebé pequenino e indefeso, só meu!
Assistir ao teu desenvolvimento, à formação da tua personalidade é a maior das dádivas que algum dia poderia ter recebido...
Amar-te, desmesuradamente, cada vez um pouco mais a cada minuto que passa é um sentimento tão sublime que só posso agradecer por me teres escolhido para tua mamã!
-
Se tu soubesses o quanto te adoro, minha "bebé grande", talvez tu entendesses melhor o porquê de tantas vezes as lágrimas rolarem só de pensar que algo de mal te possa acontecer sem que eu o possa evitar, talvez tu entendesses o sufoco que sinto quando não posso estar contigo por um motivo qualquer, talvez tu entendesses o aperto que sinto no coração quando te vejo a ganhar asas e a querer voar...
-
Sei que tenho que deixar caminhar sozinha... o Mundo aguarda-te e sei que nele deixarás a tua marca, a tua doçura! Conquista-o, meu amor, mostra-lhe o verdadeiro significado das palavras beleza, pureza, inocência e magia!
Ele por vezes esquece-se que elas existem por isso, linda, devolve-lhe a ternura dessas palavras, fá-lo novamente acreditar que elas existem e que deveriam fazer parte integrante do nosso dia-a-dia... já o fizeste comigo!
-
Mas sabes, sempre que te observo, sempre que te espreito brincar ou sempre que te vou adormecer só penso como serás daqui a alguns anos!
Será que continuarás a ser a menina traquina e meiga que és?
Será que o teu olhar continuará a abraçar o Mundo de uma forma tão inocente?
Continuarás a pintá-lo com as cores suaves da tua imaginação?
-
-
(A única certeza que tenho, minha princesa, é que por muitos anos que passem, tu continuarás a ser o meu amor maior, a minha mais sublime conquista, o meu sonho, a minha realidade...
-
E falta pouco... tão pouco... para fazeres três anos!)

19 comentários:

YAMI disse...

Fantastico querida!!
Esses sentimentos são a nossa vida, a nossa fonte de TUDO!!

beijocas grandes
yami

María&Peste disse...

O David foi o ano passado e adorou o Ruca! Adorou mesmo! O tema foi o aniversário da Mãe :) Eu também gostei ih ih ih ih

Às vezes imagino como ele será com 6/8 anos e sinto-me feliz e ao mesmo tempo melancólica....sei que será daqueles míudos muito agarrados à Mãe e sei que me vai fazer muita companhia e só desejo que nada lhe aconteça, nada mesmo........

Se começo a pensar nas desgraças...........começo num pranto.....é horrível...

Bjnhos grandes

P.S - compreendo-te tão bem...

Silvia disse...

O que escreveste vem mesmo do coração...e é lá que nos toca...

Andreia disse...

Mais uma vez... fantásticas as tuas palavras!

Também dou por mim a querer proteger a Joana de tudo e de todos e tal como tu não queria que ela perdesse a sua inocência!

E sim, custa-me muito deixá-la crescer!

Nem sabes a alegria que senti quando "vi" a TUA Joana! Finalmente uma foto :)
Linda, muito linda...

Quanto ao resto, já não me lembro como fiz :( desculpa!

Beijinhos

O PIRATA JOÃO disse...

parabéns escreves muito bem e a tua joaninha é linda!!!

O ruca nós nunca vimos, já vimos foi o bob o contructor e o joão adorou.

muitos beijinhosss

Cristina disse...

Também fomos o ano passado. A Leonor gostou imenso! :)

Bjos

Cristina

Mar disse...

Tá linda a tua menina :) continuo a adorar a forma como escreves. Ser mãe é mesmo uma experiência unica.
Bjs grds

. disse...

Mamã, olá! Como é que as minhas palavras te traíram? Não percebi. Estava a referir-me para te concentrares na frase de "ser o teu anjo da guarda agora". Porque é aquilo em que tb acredito. Beijinho

Luz de Estrelas

disse...

Com que idade começaste a leva-la a esses espetáculos? Tenho vontade de levar a Madalena, mas acho-a ainda tão pequena, não a vejo ainda com calma para aguentar tanto tempo num sitio :S

Também penso muitas vezes nisso, como será a minha filha daqui a uns anos, mas deixo logo essa ideia. Da-me medo pensar na adolescência por exemplo...esqueço logo isso, falta muito tempo, mais vale deliciar-me com a inocência dela agora .

Beijinhos

disse...

olha... disseste-me que não consegues por a barra de crescimento cá em cima, porquê? Precisas de ajuda? Não é que perceba muito disto, mas se poder ajudar.

Manela disse...

Olá mamã.
Espero que essa tanquilidade essa doçura nunca desaparecam.
Qual é o teu mail para eu te mandar um covite?
Bjs para as duas.

dangerously in love disse...

Lindo mais uma vez..E que bom que ela se divertiu..E andou a espalhar a sua magia?Ainda melhor...ela tem mesmo carinha de fada..hehe... Está quase...3aninhos...passam num instante. beijocas

disse...

Vejo que já conseguiste ;)
Barrinha cá em cima.

Beijinhos

Cláudia disse...

Que lindo... Palavras tão lindas, tão puras...

Eles são a nossa vida...
Bjs grandes

Mamã Elsa disse...

Mais uma vez fico sem palavras diante de um texto tão sentido, tão belo...
Hoje disse-te e torno-o a repetir... escreves muito bem, escreves o que te vai no oração.
Ainda bem que a Joaninha gostou do Rucca, ainda bem que aproveitas-te o domingo apesar da ausencia do papá...
Quando crescer vai continuar a ser a menina da mamã...
beijocas

Carla Santos disse...

Palavras lindas amiga
som sentimento profundo e verdadeiro!
:)
beijos grandes

docinho disse...

Cada vez que aqui venho fico com vontade de te abraçar ; )... como não te tenho aqui... abraço a minha C.!

Beijos carinhosos

María&Peste disse...

Já tens barrinha com a idade dela :)

Bjnhos e bom fim de semana

Maria disse...

Eles crescem tão rapido que para nos é tão dificil liberta-los de debaixo das nossas asas...Mas é assim mesmo que é a vida.

Beijinhos e bom fim de semana!