domingo, 11 de março de 2012

Saudades...

O meu Amor pequenino...


O meu Amor mais crescido... mas ainda pequenino para mim!
.

.
.

Tenho sentido falta de escrever... de despejar palavras, insignificantes para alguns, talvez, mas para mim, repletas de mim, de nós...

Tenho saudades deste cantinho, deste "livro" de memórias e registos de momentos inesquecíveis, de sorrisos e conquistas, de lágrimas e tristezas!

Tanto há para contar... tanto se passou nesse tempo em que aqui não vim! Tantas aventuras, tantas descobertas mas, mais que isso, uma nova história de amor, avassaladora, infinita!

Um olhar novo, pequenino e doce, puro e verdadeiro, que juntamente agora com o meu amor maior, me ensinou que o Amor não se divide nunca, multiplica-se, infinitamente!
.

Vou voltar, vou tentar! Quero registar de novo os bocadinhos de vós que fazem do meu mundo um Mundo melhor!
.
.