quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Feliz Aniversário...

-
Encontrei este poema, não o conhecia, mas é de uma simplicidade e verdade que me tocaram... como descrever de forma tão simples e comovente o amor de um filho para com o seu pai?
-
Amigo Velho
-
É meu parceiro, companheiro meu amigo.
Aquele velho que ali está sentado
Contando caso e histórias da sua vida
Suas derrotas e vitórias do passado
Quase sem forças para caminhar sozinho
Estendo-lhe a mão, pois estarei sempre a seu lado.
Até o dia que esta vida nos separe
Amigo Velho, meu querido Pai Amado.
Por muitas vezes eu não tive paciência
Causando-lhe certamente grande dor
Não escutar e não seguir os seus conselhos
Que com certeza foram dados por amor
Peço perdão, mas a vida me ensinou.
Que conselho de Pai é por amor
A Tua dor, hoje eu estou sentindo.
Porque meus filhos, também não dão valor.
-
(autor desconhecido)
-
Somos tão parecidos que por vezes, inconscientemente, magoamo-nos pelo excesso de teimosia e pela falta de jeito em verbalizar os sentimentos... Ambos fazemos das palavras uma ponte para os nossos verdadeiros sentimentos, uma ponte para a eternidade! E como gostava de escrever como tu, papá...
Sei que o nosso Amor nem sempre é fácil! As tuas palavras nem sempre ditas no tom mais desejado, as tuas críticas, positivas ou negativas, ainda me fazem chorar tantas vezes. Mas as lágrimas que pelo meu rosto rolam são a minha forma de te mostrar que és o meu herói, o amigo que quero para sempre a meu lado.
Não te preocupes, papá, eu sei que apesar de seres um desastrado com as palavras, sou a tua princesa (que tu tanto gabas quando não estou à tua beira!) e o amor que sentes pelos teus filhos e netos comove-me, pois fazes da vida deles a tua, se necessário, só para os veres felizes!
Amo-te de um Amor maior que o Mundo...
E se te confessar que são os teus valores, os teus princípios, a tua integridade e sentido de justiça que também quero para a J., está tudo dito, não está?
-
-
Parabéns, meu amor!

2 comentários:

Mamã dos Diabinhos disse...

Lindo, Lindo!
Fiquei com lagrimas nos olhos.
Provavelmente o vosso feitio é muito parecido e por isso às vezes hà choque... comigo e com o meu pai acontece isso... mas adoramo-nos!
Parabens ao teu pai!
Beijos

Ana Raquel disse...

Parabens e felicidades!
Bjocas