sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Pedacinhos de mim...

Sabes, meu amor, com o tempo vais aprender que a mamã também chora, também tem momentos tristes, que, como tu, também por vezes tem pesadelos mas também vais descobrir que apesar de tudo ela é muito feliz... porque te tem a ti!
-
Há tanta coisa para mostrar... tantas mágoas por revelar... tantas alegrias por partilhar... O tempo encarregar-se-á de te mostrar que, acima de tudo, a mamã é um ser humano como qualquer outro, com as suas fraquezas e os seus momentos altos, com as suas qualidades e defeitos, um ser humano que luta diariamente para ser cada vez mais feliz e, mais que tudo, trazer-te a cada dia que passa mais Felicidade ainda!
--

Choca-me ver o quão cruéis podem ser os seres humanos. Choca-me saber existir "mães" que matam ou maltratam seres indefesos, anjos que lhes foram enviados e que somente exigem delas o amor, carinho e respeito que qualquer criança merece!

Arrepia-me ouvir determinadas melodias... ler determinados poemas... palavras que tantas vezes gostaria de soltar mas que nem sempre consigo! Sons e letras que, de uma forma ou outra, transmitem ou reflectem um pouco do meu estado de espírito...

-
Excita-me a tua alegria de viver, o teu sorriso aberto perante cada surpresa que te possamos proporcionar, a tua felicidade sempre que o Mundo te oferece algum mistério novo para desvendar, a tua ânsia de querer descobrir o que se esconde por detrás das letras e dos desenhos que as tuas histórias têm para te encantar...

Solta-me sentir o teu abraço nos momentos mais complicados, sentir o teu rosto encostadinho ao meu e as tuas mãozinhas que ternamente acariciam a minha face. Solta-me a imaginação criar novas histórias para te acalmar ou simplesmente entreter, as tuas conversas, a brisa do mar, o luar, as estrelas...

Fazem-me rir as palavras que ainda não consegues pronunciar correctamente mas que proferes no tom mais sério que já vi, como se estivesses certa do que estás a dizer e fosse eu quem não percebesse nada... mas também as tuas histórias que nem sempre consigo perceber mas que tu insistes em me contar...
-
Faz-me chorar o sofrimento e a dor... as palavras frias e duras... o olhar triste e amargurado de quem amo... o sofrimento de uma criança, o abandono de um animal, a solidão interior de um idoso!
Choro, choro muito, por tudo, por nada... choro por este mundo por vezes tão injusto e desconcertado!
-
Causa-me náuseas ter que sorrir para quem não sinto vontade... por quem não sinto laços de ternura! Ter que partilhar o meu tempo com quem eu sei não me merecer o carinho ou a amizade! Ter que obedecer a determinadas regras e leis com quais não concordo também me causa bastante confusão...
-
Falta-me, para ser feliz, mais feliz do que eu já sou, a estabilidade profissional que me permitisse ter mais um filho... falta-me a certeza que aqueles que no meu coração habitam não estejam tristes!
-
Traz-me infelicidade observar que cada vez menos se dá valor a sentimentos como a Amizade, o Respeito, a Compreensão e que todos estes sentimentos são trocados pelo egoísmo do dia-a-dia! A infelicidade visível nas outras pessoas entristece-me, simplesmente por nem sempre consigo ajudar!
-
Magoa-me muito se me falam alto, se me criticam de forma destrutiva. Fico magoada quando vejo que nem sempre os outros valorizam os meus sentimentos, as minhas preocupações! Fico magoada quando não reconhecem o meu trabalho, o meu esforço ou o meu empenho...
-
Desejo, mais que tudo neste Mundo, que a Vida não seja demasiado dura contigo, meu amor pequenino, que não tenhas que sofrer muito para conquistar os teus objectivos, que não tenhas de voar demasiado alto para atingir os teus sonhos... Gostava muito de te saber feliz, mesmo quando o tempo não nos conceder a presença uma da outra. Gostava de ter a certeza que, mesmo quando estiveres longe de mim, saibas que o meu colo e o meu abraço estarão sempre aqui, para ti!
-
Receio nem sempre ser boa mãe, filha ou esposa! Mas, mais que tudo o resto, tenho tanto medo de não ser a mamã que tu desejas para ti, tenho tanto medo de falhar na minha tentativa de te educar correctamente e de te fazer feliz!
-
Não quero perder nunca a imagem do teu sorriso, do teu brilho no olhar, do teu aroma a sol e mar... Não me perdoarei nunca se algum dia perder a confiança daqueles que preenchem a minha vida e que me fazem sentir completa e feliz! Muito menos a tua, meu amor...
-
Quero alcançar um dia a lua, para te poder oferecer como sinal do que seria capaz de fazer para te ver sorrir... sim, meu amor, a lua, que tu tanto idolatras! E porque não também as estrelas e assim poder oferecer-te uma noite estrelada de luar só para ti? Para te fazer sonhar! Mas estão tão longe, não é princesa? Lembra-te, são como os sonhos, nem sempre os conseguimos alcançar mas vale e valerá sempre a pena continuar a tentar...
-
Abomino todas as datas que simbolizam a partida de alguém que eu tenha amado, que tenham sido um pedacinho de mim, da minha vida... Fere-me principalmente uma data, logo após o Natal do ano passado, em que a vida me ensinou da forma mais cruel o quão frágil é a nossa existência... em que me ensinou que devemos aproveitar cada momento como se fosse o último, pois se vivemos num determinado momento, no segundo seguinte deixamos de existir...
-
(Tenho tantas saudades tuas R., se tu soubesses como me persegue o fantasma da tua imagem, como me magoa não te ter visto no último Natal... não te ver nunca mais! Sei que és agora um anjo... repleto de luz e brilho... mas queria tanto poder te dizer o Adeus que não te disse)
-
Adoro os aniversários das pessoas que amo, principalmente os teus, princesa... são dias mágicos, repletos de aventuras e brincadeiras, de risos e gargalhadas, de alegria e felicidade, de vida e cor...
-
Admiro, numa pessoa, a capacidade sincera de se dar aos outros, de querer atenuar o sofrimento alheio... A sinceridade, nos actos e nas palavras, é, sem sombra de dúvidas, o que faz do ser humano um ser capaz ainda de surpreender e comover...
-
Abomino, numa pessoa, a falsidade ou então as tentativas de "calcar" e "pisar" o outro para conseguir chegar à meta mais cedo... Não suporto igualmente quem, em nome de um falso Amor ou suposta Amizade, tenta "aprisionar" e "sufocar" quem diz amar!
-
Menti algumas vezes, ou ocultei a verdade, como quando estava grávida, por exemplo... A Dra D. proibiu-me de dizer logo que estava à tua espera então menti à tua vóvó quando ela me perguntou...
-
Sinto uma grande nostalgia das tardes em casa da "vóvó velhinha", dos gritos, dos risos, dos mimos, das ternuras, dos laços que outrora existiram mas que se quebraram, deixando unicamente como rasto a saudade que fere e machuca... principalmente quando se aproxima uma época tão especial... a época dos sentimentos, dos afectos!
-
-
Adenda (14h10)
-
Fico emocionada quando me apercebo que apesar das dificuldades que a Vida tantas vezes nos impõe, há sempre algo mais forte que tudo o resto que nos mostra que o caminho (por muito tortuoso que por vezes possa parecer) vale sempre a pena ser seguido... pois há sempre o nascimento de um anjinho novo que nos mostra que a Vida pode ser bela e sublime... como aquela que vem desenhada no rosto puro de um bebé acabado de nascer!
-
Parabéns princesa Joaninha... o Mundo sorri lá fora... comovido com a tua chegada, ofuscado pela tua beleza! Ele é teu... conquista-o!

12 comentários:

Mar disse...

Depois de te ler acho que posso dizer que sou muito parecida contigo, pelo menos nos aspectos que descreves... sou, no entanto, um pouco mais rebelde e rabugenta, me parece ;)
Espero, de coração, que consigas estabilizar profissionalmente e ter a possibilidade de dar um maninho ou maninha à tua princesa.
Quanto ao peso, fui a uma nutricionista e estou a seguir o plano que ela fez para mim, e comecei a frequentar o Vivafit (www.vivafit.pt) 1/2 hora todos os dias da semana (agora vou parar, pois o meu horario de trabalho vai voltar ao normal :( .
Beijocas grads

. disse...

Um belíssimo texto, querida mamã!


Pega lá um beijinho. Tens os valores que aprecio nas pessoas.

Luz de Estrelas

. disse...

E parabéns atrasados a essa coisinha linda! Que fofa!


Luz de Estrelas

beedrill disse...

apesar de te conhecer ha pouco tempo ,já gosto de ti por achar que és um bom ser humano...beijinhos grandes hoje apertadinhos e especias para ti..bom fim de semana

Ana Isabel disse...

Como sempre é lindo.
Temos muitas coisas parecidas :)
Bjs e bom fim de semana

Andreia disse...

Gostei de te conhecer um pouco mais!!!

Acho-te tão em baixo :(

Um beijinho

María&Peste disse...

Simplesmente adorei ler e conhecer-te mais...comoveste-me, como sempre!
Espero que consigas a estabilidade para poderes ter outro filho pois seria mais uma criança feliz no mundo com a sorte de te ter como Mãe!

Bjnhos grandes

Mamã Elsa disse...

Fiquei a conhecer-te mais um pouquinho. temos muitas coisas em comum..
tb desejo que alcançes a estabilidade profissional para encomendares um mano para a princesa.
Boa semana.
Tens andado desaparecida?
beijocas

dangerously in love disse...

Sem tirar nem pôr...és exactamente o que transmites...uma excelnte pessoa. beijocas

docinho disse...

Mais uma vez... ler-te é encher o coração!

Beijos emocionados... por mais um milagre da vida!

disse...

É impossivel não ficar emocionada com tudo o que escreveste. Revi-me em muita coisa.

Beijinhos

Cláudia disse...

Obrigado querida... Não tenho mãos nem palavras para agradecer tanto carinho...

beijos grandes