terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Nostalgia...

Nem sempre te digo as palavras certas, nem sempre te mostro o que sinto, nem sempre consigo... mas tu sabes que sim!

Nem sempre as lágrimas ocultas, as mágoas abafadas ou a tristeza disfarçada, como hoje, me permitem demonstrar-te o quanto preciso de ti... mas tu sabes que sim!

Sabes, meu amor, que te amo, muito!

E é nestes momentos meus, em que mergulho no mais profundo de mim, em que deixo que as lágrimas aliviem um pouco a tristeza que insiste em me perseguir por vezes, em que fantasmas vêm assombrar as minhas noites, em que momentos dolorosos são recordados, em que as saudades impossíveis de matar me vêm fazer companhia... que mais necessidade tenho de te dizer o quanto significas para mim!

10 comentários:

beedrill disse...

e nunca deixes de o dizer...beijinhos

disse...

Saudades impossíveis de matar... infelizmente também tenho algumas, e são as piores, as que mais fazem doer :((((

Beijinhos

YAMI disse...

Grita sempre!!!
beijos
yami

Cláudia disse...

Nunca mas nunca deixes de o fazer.
Um beijo GRANDEEEEEEEEEEEEE

Hoje há história no meu Reino

Ana Isabel disse...

Saudades...
O que elas custam tanto.
Bjs

docinho disse...

Saudades que matam...
às vezes sinto que esse é um erro comum... não dizer mais vezes o quanto amamos...

Beijos saudosos

Carla Santos disse...

grita e bem alto , muitas e muitas vezes

beijos da carla :)*

Andreia disse...

Sinto-te triste amiga :(

Estás bem?

Um beijinho

Papá disse...

Eu também te AMO MUITO... E sabes que estou sempre contigo...

Mamã Elsa disse...

Fiquei preocupada... passa-se alguma coisa???
não deixes nunca de dizer o que sentes e o papá tb fez o mesmo.
Beijocas