quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Poema...


A bailarina

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.

Não conhece nem mi nem fá
mas inclina o corpo para cá e para lá.

Não conhece nem lá nem si,
mas fecha os olhos e sorri.

Roda, roda, roda com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.

Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças
e também quer dormir como as outras crianças.


Cecília Meireles


Será, minha menina pequenina, que nos passos mágicos das tuas danças sem fim, agora tantas vezes partilhadas nos nossos momentos sozinhas, existirá igualmente um desejo secreto de ser bailarina?

Que o futuro te permita ser o que mais desejas, independentemente de tudo e todos! Só te peço, fofinha, não percas nunca esse brilho no olhar, esse desejo de aprender e essa ternura que te inunda o ser... são estes pedacinhos de ti que me mostram a menina feliz que és e que tanto ainda me fazem ainda sonhar...!

15 comentários:

YAMI disse...

Lindoo

Muitas beijocas querida
yami

dangerously in love disse...

Olhamos para elas e sabemos que são crianças felizes!não é? Que linda e piquinina..adorei as fotos! E o poema...fabuloso!!!
beijocas e bom fim-de-semana

Andreia disse...

Lindo o poema, lindas as fotos...

Que saudades que tenho da minha assim, mas também é tão bom vê-las menininhas, não é?

Olha, gostava de te dizer uma coisa "em privado".
Manda-me um e-mail:
andreiagoncalves9@hotmail.com

Um beijinho

Luz de Estrelas disse...

Muito bonito esse poema de amor. Que os olhos da Joaninha brilhem sempre.

Ana Isabel disse...

O poema é lindo.
Qua saudades que nos dá qd vemos fotos delas assim pequenas.
Aa fotos são lindas.
Bjs

aminhaprincesa disse...

Ai amiga...sempre que te leio arrepio-me, não sei explicar.As tuas palavras tocam-me tanto...
Obrigado por provocares em mim estas sensações, tesn um dom unico!

Beijos

bom fim de semana.

marta

Cristina disse...

Muito giro o poema. Cá em casa é igual. Muitas danças privadas... LOL

Bjos

cristina

sophis disse...

O poema é uma pérola. Ainda assim menos preciosa que a tua Joaninha. Bj

Cláudia disse...

Tão lindo

Que bela declararção de amor feita pela mamã...

É que todas desejamos, que os nossos filhos nunca percam o brilho no olhar...

bjs grandes e saudades
Desculpa a ausência. Caramba! Estou sempre a dizer o mesmo
:(

Bom resto de fds

Mãe-Galinha disse...

Fotos? Fotos? Onde? Tb quero... umazinha só...
Adoro vir aqui porque fico com um sorriso sonhador nos lábios!
Milhentos beijos!

Mãe-Galinha disse...

Mts amigas blogueiras falavam aqui d umas fotos da piquena Joaninha e eu pensava q tinhas colocado e retirado pc depois...

Mãe-Galinha disse...

1º ciclo. E tu?
Tens msn? Ficava mais fácil falarmos... eheh!
bj

María&Peste disse...

Adorei o poema :)

Linda :)

Bjnhos muito grandes

disse...

Muito bonito o poema!
Importante mesmo é que sejam felizes.

Beijocas

docinho disse...

Mais uma vez dizes com as palavras... aquilo que o coração sente... o poema... lindo!

Beijos bailarinos