sábado, 29 de setembro de 2007

Meu amor, minha companhia...

-
O papá tem estado ausente de nós... pelos menos não tão presente como gostaríamos... não o tempo necessário para nos enchermos de mimos uns dos outros, para nos sentirmos um só em três corações que se cruzam no mesmo Amor!
O papá está a acabar o curso durante o dia, mas para isso teve que alterar o horário e optar pelo nocturno, das cinco e meia às dez e meia e sábado todo o dia.
Assim, quando te vou buscar à escolinha, já o papá regressou da faculdade e estás prestes a entrar para o trabalho! Muito dificilmente o vês, só se chegar um pouco mais cedo e passe rápido pela vovó para te dar um beijinho fugidio! Assim, os finais de tarde são feitos de nós duas, numa cumplicidade que a cada dia que passa me enche mais a alma mas que, ao mesmo tempo, me entristece porque sei que o papá também gostaria de partilhar estes momentos, tão simples mas tão mágicos...
Sim, linda, o papá ama-te mais que tudo e este esforço, este investimento por parte dele são também em grande parte por ti, por nós, para um dia te podermos dar ainda mais do que aquilo que já somos capazes de te dar!
Sim, esta está a ser uma prova dura para todos nós, dois anos que se avizinham com pouca partilha de momentos a três, com a correria do tempo que passa a levar a melhor sobre os nossos sentimentos!
Mas meu ammor, nunca te esqueças que o papá te adora e que, por muito que não pareça, também chora!
Vi-lhe as lágrimas em fio quando, obrigado a alterar horários e rotinas, teve que prescindir um bocadinho de nós as duas para poder levar a cabo um dos seus grandes objectivos... por ti, por mim, por ele!
De manhã ele ainda te leva à escolinha e penso que são esses pequenos momentos, as vossas conversas matinais, o teu sorriso ou os abraços que lhes dás na despedida que lhe dão força e ânimo para continuar a lutar...
Em ti, vai buscar a sua força!
Em ti, ele descobre o caminho que quer traçar para a sua vida!

Um dia aprenderás que quando se gosta de alguém, como gostamos de ti, meu amor pequenino, somos capazes de tudo para ver a pessoa amada feliz! Sim meu amor, somos capazes de ultrapassar qualquer obstáculo, nem que para isso tenhamos de sufocar lágrimas, esconder tristezas, dissimular contrariedades ou forçar sorrisos.
E como o papá gosta de ti assim, loucamente, ele é capaz de tudo e muito mais para que um dia possas ser quem desejas, no que depender de nós!
Por isso, princesa, quando estamos sozinhas, naqueles momentos tão deliciosamente nossos mas em que o papá nos faz falta, lembra-te que ele te ama muito, que o teu sorriso o acompanha a cada minuto do dia e nunca, mas mesmo nunca, duvides do Amor que ele nutre por ti!
Um amor doce, incondicional... eterno!

E a ti, papá, não fiques triste nem penses que te esquecemos neste tempo agora tão egoistamente só nosso. A tua imagem é a nossa companhia e o teu rosto lá ao longe, faz-nos ser donas de uma saudade sem fim...

Obrigaga meu amor, por tantas vezes neste silêncio que cai sobre nós, nestes fins de dia um pouco solitários mas tão cheios de ti e da tua alegria contagiante, nestas noites sem estrelas a brilhar, seres a minha maior companhia, embora tão pequenina!

14 comentários:

Mamã Elsa disse...

OLA.
QUE TEXTO LINDO... APOSTO QUE QUANDO O PAPA O LER, SE JÁ NAO O FEZ, VAI FICAR EMOCIONADO.
SÃO SACRIFICIOS QUE FAZEMOS EM PROL DOS QUE MAIS AMAMOS.
OBRIGADA PELA PREOCUPACAO... ESTÁ A BRILHAR AOS POUQUINHOS...
APROVEITA BEM O RESTO DO FIM DE SEMANA.

Pedacinho de mamã disse...

Obrigada pelos cpmentários que tens deixado nos pedacinhos. É muito bom saber que alguém nos acompanha com carinho e com palavras doces.

O Joãozinho está muito melhor, eu diria curado mesmo. Mas por precaução apediatra só o libera para o colégio na 5 feira.

Um grande beijinho para ti e teus amores.
Adorei o texto.

Pedacinhos

Ana Isabel disse...

Que lindo, como sempre tudo o que escreves.
Bjs grandes

sophis disse...

Se em vez de cantar, falasse só, Caetano Veloso não diria (escreveria) melhor. Bonito texto. bj

cate disse...

O papa deve estar tão orgulhoso da familia linda que tem e do suporte tão forte que é a mamã!!
Beijinhos querida e muita força para os próximos tempos!!
cate

dangerously in love disse...

Bem quando o papá ler vai derramar uma lagriminha...mas de emoção e felicidade..Transmites tão bem os teus sentimentos e disposição...Adoro ler.
E claro que tudo o qe ele faz é por vocês...Quando puder vai enchê-la de mimos..É assim a vida..injusta muitas vezes...Por nós estariamos sempre com os nossos filhotes..mas não é possivel.Esses momentos a duas...como te compreendo. beijocas

aminhaprincesa disse...

Lindo!!!
Levaste me ás lágrimas, mais uma vez, mais porque sei que a partir de janeiro tam bém nós aqui em casa vamos passar po isso.Pois assim que nascer a minha Carolina, o papá vai trabalhar pa longe e só vem aos fins de semana.Não sei como vou aguentar, nem se vou aguentar.Não só por ficar sosinha com 2 bebes tão pequenos, mas porque ele é o meu pilar...é melhor nem pensar nisso.
beijo
é coragem...
marta

Andreia disse...

Adorei ler-te mais uma vez!
Consigo mais ou menos dar o valor, pois eu e o pai da Joana estamos separadas desde a minha gravidez...

É um sacrifício que fazem por ela, vale a pena! É por amor...

Se me voltas a fazer chorar, vou aí e bato-te :)

Beijinhos

docinho disse...

Nesses momentos agarro nela... aninho-me e penso em como um pedacinho dele está tão perto de mim... dela!

Beijos emocionados

Manela disse...

A vida podia ser mais facil, não era!!!!!!!!
Adorei ler.
Bjs para todos

Mar disse...

Olá, como de costume o teu texto toca-me e comove-me.Deve ser muito triste para o papá ficar longe das suas princesas, mas que seja por uma boa causa. Quando a tua linda, um dia mais tarde vier a ler este teu diário vai sentir-se inundada (ainda mais) do vosso imenso amor.
Uma beijoka grande

Manela disse...

Sim ,sim, bracarense de gêma.
Bjs

Luz de Estrelas disse...

O pai vai ficar encantado...

Silvia disse...

Muito bonito o q dizes...eu tb vou recomeçar a vida estudantil e vou ser eu a estar afastada da princesa...vai-me doer horrores... mas sei q o pai tratará bem dela...sorte ser pós laboral e apenas 2 horas...