terça-feira, 25 de setembro de 2007

Lágrimas...

Se tu soubesses a dor que sinto quando saio de manhã e tu ficas a chorar... nem imaginas a angústia que me persegue o dia inteiro por te saber triste sem que nada possa fazer para evitar que as lágrimas rolem pelo teu rosto! Como queria que o tempo parasse ali, não existissem mais compromissos nem obrigações, para poder simplesmente te abraçar e fazer-te sentir que a mamã te adora e que é tua, embora nem sempre presente.
A tua imagem acompanha-me em cada minuto, em cada gesto, em cada palavra e a possibilidade te imaginar a chorar desespera-me!
-
Porque é que nem sempre consigo evitar que fiques triste? Porque é que nem sempre possuo o poder de te guardar sempre bem encostadinha a mim?
-
Sei que nem sempre me será possível evitar-te o sofrimento, as desilusões ou mesmo as frustações mas sabes, meu amor pequenino, só gostava de conseguir, sempre que necessites, secar essas lágrimas que tanta tristeza em mim também provocam!

13 comentários:

docinho disse...

São inevitáveis... as lágrimas... o sorriso... a dor... ajudam-nas a crescer... e nós tb!

Beijos sentidos

Cláudia disse...

Pois, porquê? Fazemos tudo o que podemos por eles, mas não conseguimos fazer TUDO o que queremos fazer...

Bjs grandes

dangerously in love disse...

Como disse a docinho, são inevitáveis. A minha ainda não fica a chorar mas sei que, tanto como eu, sente muito a minha falta. Por isso é que eu digo: mãe não devei trabalhar, ou então, só 2 dia spor semana:D beijocas

Andreia disse...

Como te compreendo...
A Joana fica SEMPRE a chorar e o que me custa mais não é deixá-la, mas sim imaginar o que possa ir naquela cabecinha :(

Só de pensar que ela pensa que a abandonei ali... :(
É impossível impedir o seu sofrimento e não é nada justo! Mas faz parte da vida.

Beijinhos

María&Peste disse...

Pois é...sei bem o que isso é, se bem que este ano o David ainda não tenha chorado para ficar na escolinha (ufa!) mas nos outros anos doía tanto..

Queremos protegê-los de tudo e todos, eu também quero, mas também temos de pensar que temos de os preparar para todas as situações na vida, naõ é?

É uma ambiguidade enorme...

Bjnhos grandes

disse...

Dói muito vêr um filho chorar por nos, o coração fica despedaçado... mas infelizmente não vamos sempre poder carrega-las no colo quando aparecer uma dificuldade, uma frustração.

Beijinhos

Cláudia disse...

Beijinhos grávidos e engessados...
:)))

Ah! E com Joaninhas a voar, lol

dangerously in love disse...

Olá olá...vim ver se ainda dava para copiar..e deu :(((

Manela disse...

Doi tanto, tanto, tanto.....
Como eu te entendo.
Bjs

Mamã Elsa disse...

DOI MUITO...
MAS TENS DE SER FORTE PELAS DUAS..
BEIJOCAS

dangerously in love disse...

bem agora da pa seleccionar mas o click do rato nao funciona..hehe...ta kuase..bj

Mãe-Galinha disse...

Todas passamos por essa sensação de querermos proteger os nossos bebés de tudo e, por vezes, isso é impossível!
Faz tudo parte da vida e do crescimento... as lágrimas, o amor, a saudade!
Por muito que doa significa crescer...
Bjs gds

Maria disse...

Felizmente ou infelizmente faz parte da vida, o choro, as lagrimas e a dor.

Beijinhos