segunda-feira, 23 de julho de 2007

Acreditar...

Estou muito feliz, meu amor... Já nasceu a bebé da amiga da mamã... um final feliz para um conto de encantar com momentos de muita dor e sofrimento, um desfecho mágico para uma história real onde nem sempre foi fácil conseguir ultrapassar barreiras e obstáculos!

Este nascimento veio mostrar que vale sempre a pena lutar pelos nossos sonhos, por aquilo que realmente desejamos, nem que para isso tenhamos de superar algumas provas duras, nem que por vezes tenhamos de sofrer em silêncio!

A I. foi muito desejada mas foi uma luta que durou anos, que causou muitas lágrimas silenciosas, muita tristeza por vezes tão bem disfarçada. Foi uma luta quase diária para atingir o que de mais mágico pode existir... o nascimento de um bebé!

Durante muitos anos, a A. passou por várias tentativas falhadas, por sonhos tão reais mas que rapidamente se desvaneciam no ar! Mas apesar de tanto sofrimento, de tanta dor, a A. continuou a sua caminhada com uma enorme alegria de viver, um sorriso nos lábios pois o desejo de acreditar que o seu sonho era possível era mais forte que qualquer impedimento, era esse sonho que a ajudava a seguir em frente, com muita garra, com muita força... e assim continuou a sua batalha, sem nunca perder a esperança, sem deixar de acreditar!
E como eu a admiro por isso... deve ter sido tão difícil! Mas o sonho tornou-se realidade e isso só importa! Sinto-me tão feliz, finalmente a A. vai poder desfrutar da magia que é a chegada de um bebé, vai poder gozar e aproveitar ao máximo este momento único que é o nascimento de um filho... o primeiro filho!
Sabes, a I. será, sem sombras de dúvidas, uma criança muito feliz, rodeada de muito amor e dedicação! Foi uma criança tão desejada, tão esperada, que não haverá um minuto em que os seus papás não lhe demonstrem o quanto a amam! Mas acima de tudo, será uma criança que terá certamente na sua mamã o melhor exemplo para a sua vida... lutar e nunca, mas mesmo nunca, deixar de acreditar! E se assim for, a I. vencerá tudo e todos na sua busca pela felicidade!
(...)
E tu, meu amor lindo, se nas histórias que te conto há sempre uma lição de vida que eu gostava que seguisses um dia mais tarde, se há sempre um ensinamento que eu gostava que aprendesses, se há sempre conselhos que eu gostava que te lembrasses eternamente na tua futura caminhada pela vida, desta história tão real, tão próxima, espero que tires uma lição ainda mais importante... que nunca nada é impossível, que todos os sonhos estão ao nosso alcance, que não devemos nunca desistir de lutar, que devemos ir buscar forças para continuar nem que elas pareçam estar a esgotar, que não devemos nunca deixar que a tristeza, as mágoas ou mesmo as derrotas nos impeçam de tentar tornar o nosso mundo um lugar mais belo para se estar e que nunca nos impeçam de seguir a nossa batalha (por vezes tão dolorosa!) pelos nossos desejos, pelos nossos sonhos, pelos nossos objectivos...
(...)
É possível, meu anjo, é possível ser feliz... basta para isso, princesa... ACREDITAR!

2 comentários:

luisa disse...

Muito bom mesmo...esperemos que a J. compreenda estes exemplos e seja capaz de pautar a sua vida por eles.
L.

dangerously in love disse...

Parabens aos papás da I. Muitas felicidades para eles. Uma grande vitória! beijocas