quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Confusão de sentimentos...

As lágrimas espreitam... a muito custo as consigo evitar...
Sinto-me cansada, apetecia-me fugir para longe, reencontrar-me em algum lugar calmo e simplesmente poder estar sozinha! Sinta falta de estar comigo mesma, de poder escrever, de poder ler, descansar do dia-a-dia, de fechar os olhos e simplesmente nada fazer...
-
À noite, adormecer-te continua a ser uma verdadeira batalha que o teu sono (ou cansaço), a muito custo e após algumas horas, consegue vencer! E nessa tentativa de te levar para o mundo dos sonhos, sufoco as lágrimas, dividida entre a necessidade de um tempo só para mim e o querer continuar a aconchegar-te, a abraçar-te!
Desde que te vou buscar à vovó ou à escolinha, todo o meu tempo se destina única e exclusivamente a ti! Entre banho, desenhos animados, ataques de mimo, jantar e brincadeiras ao anoitecer, toda a minha atenção está centrada em ti!
Se estou a fazer alguma coisa, ouço logo a tua voz "Mamã, anda xentar à minha beira! Queo miminhos", e lá corro eu para deliciar-me com os teus abraços apertados, os ataques repentinos de ternura, os "Goto muito de ti" e o teu doce olhar que no meu repousa como se nele fosse buscar a segurança de que necessita, como se nele fosse buscar a certeza da minha presença, como se dele dependesse para continuar a brilhar...
E adoro... adoro a forma como me olhas e me pedes colinho, adoro quando te enroscas a mim e pedes miminho, adoro ouvir a tua alegria nas canções que cantas para mim, nas tuas conversas sobre as princesas, fadas e personagens encantados que povoam a tua imaginação! Adoro ver-te crescer e adoro sentir o quão preciosa ainda é para ti a minha presença...
-
Mas, no final do dia, quando finalmente te consigo adormecer, pouco tempo tenho para me dedicar... a hora tardia já me impede muitas vezes de me tentar reencontrar... e assim fico dividida... sufocada entre o desejo de te ter para sempre assim, tão dependente ainda de mim, e a vontade de viver um bocadinho mais para além de ti!
E esta confusão de sentimentos dói, entristece-me, faz-me sentir culpada!
-
Só não quero que te esqueças, meu amor, que é neste tempo, contigo e para sempre, que quero ficar!
Mas a mamã também precisa de um bocadinho só para ela... "só mais um bocadinho", como tu própria tantas vezes o dizes!

11 comentários:

Andreia disse...

Ai amiga, deve ser angustiante estares horas para adormeceres a Joaninha... as lutas que ela trava para não dormir :(

Eu tenho mesmo muita sorte, às 20:00 a Joana já me está a pedir para dormir. Meto-a no colo, cnto-lhe uma história e ela ferra logo... mas normalmente fico assim com ela a dormir no meu colo 1 horita, a olhá-la... mas é porque quero! Quando não posso, meto-a logo na caminha dela...

É muito bom, ter os miminhos e dar o colinho... mas também deve ser muito cansativo, principalmente porque depois não te sobra tempo para mais nada.

Deve ser realmente uma grande confusão de sentimentos!!

Beijinhos

cate disse...

Ainda hoje esrevi um post sobre como é dificil adormecer a licas quandoacorda no meio da noite!
Mas esses momentos tão precisosos são únicos que um dia relembraremos!
BEijinhos doces
cate

Dianinha disse...

Pois é...todas nós mulheres precisamos de momentos só para nós, mas estas coisinhas fofas ocupam todo o nosso tempo. Eu também não tenho grandes problemas em adormecer a DI, mas calculo como deve ser dificil para ti essa situação...o que vale é os miminhos! Fica bem!
Beijoquinhas doces

Cila

docinho disse...

Felizmente por aqui isso não acontece... é desesperante!

Beijos carinhosos

María&Peste disse...

Sei bem como isso é.......

Preciso de um tempinho para mim e de um tempinho a 2 :)

Por isso é que (também) sempre fiz questão da hora de deitar ser cedo e com rotina, mas ele tal como a Joana demora para adormecer...não são horas, mas é perto de 1 hora, 30 minutos...depende.

Sei que é complicado e chato, porque é, mas mantém esta rotina porque mais tarde vai-te saber bem e a ela só fará bem :)

Nós bem queremos que ele adormeça sózinho, já o tínhamos conseguido mas depois correu mal, lembras-te que te contei?

O meu marido anda sempre a dizer que ele tem de adormecer sózinho, que está farto de estar sentado à espera (nós vamos alternando) mas eu digo-lhe que ele ainda não está preparado e é melhor não forçar. Já aprendi :)

Bjnhos linda e muita paciência para estes pequenos seres tão magnânimos na sua dependência por nós :)

Silvia disse...

Talvez se resolvesse essa tua falta de tempo se ela adormecesse de forma mais rapida... eu tb passei por uma fase dessas mas agora conseguimos q ela adormeça sozinha...é um alivio...Mas foi uma luta para manter rotinas e perceber sinais de sono... hoje estamos gratos por ter feito esse caminho q nem sempre é fácil

Ana Isabel disse...

Pois é miga, como te compreendo.
Já há um bom tempo q a C. só adormece depois das 24h e com muito custo mesmo assim.
Bjs

Cristina disse...

Cá em casa é igual. Dorme tão mal, tem acordado todas as noites. Ando estilo zombie...

Bjos

Cristina

Cláudia disse...

Como tepercebo...
Nem para ir à médica tenho tempo, dirá ler, descnsar, ver TV, sei lá...

Às vezes nem para ir à casa de banho tenho tempo...

Umbeijo amiga, gostava de te ajudar mas acho que fiz pior...DESCULPA

Mãe-Galinha disse...

Como te entendo... E eu para ter um momento a dois tenho de esperar pelos fins-de-semana... E tb estou tão cansada!

É uma confusão de sentimentos que só se agrava pela vida stressante que temos nos dias de hoje.

Bjs

Mamã dos Diabinhos disse...

Acredito que estejas cansada principalmente com a batalha interna que travas... tempo para ti e tempo para ela...
Tem calma, respira fundo e tudo vai pelo melhor caminho.
beijocas