quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Falta de tempo...

Sinto falta de escrever, de deitar cá para fora tudo o que me vai no coração e na alma...
Sinto saudades de transformar em palavras este amor mágico que me transforma a cada dia que passa e me torna uma pessoa cada vez melhor e mais feliz!
Sinto necessidade de registar as saudades que tenho tido de ti, agora que o tempo está definitivamente contra nós!
Necessidade de contar que nos poucos momentos que podemos nos oferecer, enches-me de miminhos e que adormeces abraçada a mim, dando-me beijinhos e agarrando a minha mão, como se tivesses medo que eu fuja...
Necessidade de eternizar as nossas conversas, em que me dizes que o Amor é a mamã, ao mesmo tempo que me enches de beijinhos, em que me perguntas (quando te vou buscar à vovó) se já saí do trabalho e me respondes, quando te digo que sim, que fui buscar a minha "pequena" princesa, que não, que não és pequena, que já és grande, uma mulher...
Queria ter tempo para te gravar em mim, o eco sonoro e alegre das tuas gargalhadas na piscina, nas brincadeiras a três.
Gostava de te contar menina, cada vez mais teimosa e decidida, mas mais ternurenta que nunca, contar as tuas aventuras, as tuas tristezas, a carência provocada pela minha ausência!
Queria poder simplesmente ter tempo para conseguir absorver cada minuto teu, cada passo do teu crescimento...
Mas não tenho conseguido, não tenho tido tempo sequer para escrever que te amo desmesuradamente, um amor arrebatador que me preenche e me faz acreditar que um dia compreenderás que esta falta de tempo é necessária, apesar de dolorosa para ambas...
A tua felicidade, o teu bem-estar são a minha luta... farei sempre tudo o que estiver ao meu alcance para te poder proporcionar o Mundo!
Enquanto isso, meu amor grande, enquanto a mamã não te pode dedicar todo o tempo que desejarias, lembra-te sempre dos nossos abraços, nos carinhos ternos que trocamos quando abraçada a mim te deixas levar pelo cansaço e, como por magia, te deixas transportar até à Terra dos Sonhos, a história que neste momento mais me pedes para te contar...

11 comentários:

Mar disse...

Lindo... como sempre :)

É sempre assim, nunca chega o tempo para os amarmos e para os curtirmos e para lhes demonstrarmos ainda mais.. mas eles sabem :)
um beijo mto grande

Andreia disse...

Deixas-me sempre de lagrimita no olho...

Admiro muito a tua coragem, não tens uma profissão fácil e estás sujeita aos mais variados horários e locais de trabalho!!! :(

Mas o que não fazemos pelas nossas meninas, não é?!?!?!?

Beijinhos e bom fim-de-semana

Sandra e Afonso disse...

Bom... deixas-me sempre sem palavras... o que tu escreves é muito lindo! Sabias?
E o tempo nunca nos chega...
Beijinhos grandes para ti!
Beijo, beijo, beijo

Sandra e Afonso
www.bebeafonsinho.blogspot.com

A mamã disse...

bom fim semana
bjs paula

Sandra disse...

Adorei!!!

Beijinhos e bom fim de semana!

Cristina disse...

O tempo não estica, né?

Cristina

Professorinha disse...

O sub-título do teu blog realmente vê-se aqui! Uma linda história de amor!...


Beijos

Luisa disse...

Gosto de te ler!

Deixei-te um miminho no meu cantinho.

Beijinhos

Sofia, Pedro e Joana disse...

Olá querida mamã, mas que texto fabuloso, adorei cada palavra tua!
Tens um miminho no meu blog, postei-o a 18/09, espero que gostes!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

Belit@ disse...

Com textos destes evitas comentários! Pois fica-se sem palavras ao ler os teus post's!

Um grande beijinho p vocês

Andreia disse...

Passei para te deixar um beijinho!

Espero que esteja tudo bem...