terça-feira, 21 de agosto de 2007

Momento de nostalgia...

Após um banhinho de nós as duas, estava a mamã, enrolada numa tolha, a secar-te o cabelo e, depois, a chegar-te creme no rosto quando, de repente, puxas a toalha e agarras-te ao meu peito, como se voltasses a ser um bebé pequenino:
.
- É como a pupa! É bom! (vezes sem conta)
.
(ai, princesa, que saudades! Que momento tão repleto de ternura... ver-te ali, menina já (tão) crescida, agarrada a mim... como o tempo passa e como de repente mergulhei nele num turbilhão gigantesco de recordações! Que saudades... a minha menina novamente bebé!
Como eu queria ter-te para sempre assim tão pequenina... tão dependente de mim, como no tempo em que, agarrada ao meu peito, te sentia tão completamente parte de mim, do meu ser!)

2 comentários:

disse...

Parece-me a mim que o relogio biológico está novamente a fazer tic-tac não?
Também sinto isso tantas vezes, que está a cescer, a ficar mais independente e que queria tanto te-la de novo bebé.

Beijinhos

Mamã Elsa disse...

O tempo passa rápido e deixa-nos saudades...
Se calhar está na altura de pensar na vinda da cegonha, não???
bjs