sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

(Da) magia do Natal...

Sim, a magia do Natal ainda existe... basta ver-te, entrar no teu mundo de fadas, bailarinas e princesas para perceber que o Mundo ainda pode ser feito de mil cores, escolhidas minuciosamente sob o teu olhar atento e terno!
Foi um dia repleto de sorrisos, olhos a brilhar, risos de crianças e adultos que ecoavam por entre a ternura de, nem que por um dia, reencontrar os laços que nos pertencem, embora tantas vezes longe de nós! Mais de cinquenta pessoas unidas pela magia do Natal!
-

(foto retirada)

De tarde, a "Mãe Natal" distribuiu os muitos (até em demasia) presentes dos tios a ti e aos muitos priminhos que se juntaram novamente para fazer deste dia um dia cheio de surpresas! Ouvir as vossas gargalhadas, sentir o vosso brilho no olhar sempre que chamava por um de vós, receber o vosso beijinho (exigência da Mãe Natal!) foi certamente um dos momentos mais ternos do dia! Ver-vos felizes, numa alegria contagiante quase permite aos adultos esquecer as saudades que tantas estrelas que hoje brilham mais intensamente no céu...

-

(foto retirada)

A manhã tinha começado bem cedinho para ti... a tua ânsia em ver se o Pai Natal te tinha realmente visitado durante o sono era mais que muita... sim, porque apesar das "mil" prendas que foste recebendo ao longo do dia, a do Pai Natal era a que mais anseavas! E não é que ele encontrou o caminho até a nossa casa?! Terá sido a estrela que no dia anterior viste no céu que o guiou?

Sim, que tu própria disseste: "Sabes, mamã, aquela estrela gande é uma estrela guia! Mas não é a dos Reis Magros... hoje é para guiar o Pai Natal até nossa casa! Ele deve estar escondido atrás das árvores para eu não o ver e poder chegar a casa para ir nanar!" :)


-
Mal chegaste a casa na noite de Natal, foste a correr preparar os teus sapatinhos para pôr na lareira! Mas como sabias que a viagem do Pai Natal e das suas renas era longa (que ele tem um Mundo de crianças por visitar numa noite!) deixaste leitinho e bolachinhas para que eles recuperassem forças...
E ele gostou, não foi, fofinha? Até te escreveu uma carta, que a mamã te leu sob a luz que o teu olhar irradiava quando te apercebeste que de manhã já só lá se encontravam os sapatinhos vazios e o tão desejado embrulho!
O teu Nenuco Maternidade... ohhhh! é mesmo mamã! Não se enganou... é mesmo para mim!
O Poney doutor dos papás fez igualmente o teu delírio, tão fofinho, olha, ele diz - gosto muito de ti!
-
-

E nós também te amamos muito, minha princesa, a tua felicidade é a nossa melhor prenda!
Podemos satisfazer e ajudar a realizar os teus sonhos, mas nada do que possamos fazer ou oferecer consegue equiparar-se ao que tu nos dás diariamente... um Amor imenso, do tamanho do céu!
-

4 comentários:

Ana Raquel disse...

E é essa mesmo a magia do natal:)
Bjocas

made in ♥ love disse...

sem palavras... :) lindo...

Um beijinho
Eduarda

Mamã da Rafinha disse...

Lindo...fiquei sem palavras...

Beijinhos cheios de carinho

Sónia disse...

Olá!
Descobri o seu blog através de outro... e fiquei fascinada pela escrita. Então, fui lendo, lendo... os posts mais recentes e alguns mais antigos...
Eu também tenho uma princesa com 5 anos (e agora um bebezoco com 2 meses). Que bom ler o que escreve! Que bom poder identificar-me com algumas emoções...
Será pedir muito, mas posso ádicionar o seu blog no meu, para vos poder ir acompanhando?
Sónia Baptista
(www.positivo2.wordpress.com)