sábado, 2 de janeiro de 2010

Ser criança...

(foto retirada)-
- -
Já tantas vezes me disseram que ainda és muito infantil, que vives num mundo de fantasia, que acreditas que o Mundo que te rodeia é um imenso jardim repleto de sonhos e fantasias,
OuNegritotros dizem que ainda és sonhadora, princesa de um castelo de fadas e duendes, que os teus olhos brilham quando a tua imaginação te leva para nuvens de carinho e ternura sem fim.
Acham eles que deverias sair desse cor-de-rosa de que é pintado o teu mundo, enfim, crescer... começar a perceber que a realidade não sai dos teus contos de fada nem é pintada com as cores suaves dos teus sorrisos!
Não pensam eles que, de facto, não passas mesmo de uma menina e que é assim que tem de ser? Que ter 5 anos é voar, sonhar, acreditar que é possível tocar o sol e a lua e nas nuvens de algodão se deitar?
Acham mesmo eles que vou ser eu que te vou cortar as asas do pássaro livre que ainda podes ser? Que sou eu que te vou, antecipadamente, fazer mergulhar na escuridão em que a realidade se vê tantas vezes mergulhada?
-
-
Não, meu amor, não quero que cresças rápido, quero que, enquanto possível for, continues a acreditar que há anjos e fadas que te acarinham, princesas e duendes que te acompanham...
E que sim, que o mundo, enquanto tu o assim encarares, pode ser cor-de-rosa!
Porque sabes, minha, princesa, o que eles não sabem ou não pensam, é que o mais me orgulha em ti é essa tua capacidade de transformar tudo o que rodeia em pura magia, que a tua ternura é o meu maior orgulho, que a tua meiguice enternece-me mais que tudo no mundo e que, acima de tudo, serás mais um ano criança, sem preocupações nem responsabilidades, se assim eu o desejar...
É que eles não sabem que eu não tenho nem nunca terei pressa de que faças tudo antes dos outros, eles não sabem que tudo o que eu desejo neste momento é que sejam mesmo isso que eles dizem:
-
...uma "menina" criança ávida de sonhar...

2 comentários:

Isabel disse...

Lindo texto! Eu também não tenho pressa de os ver crescer!
Um grande beijinho!

Sandra disse...

Ver as minhas meninas crescer é tão bom mas ao mesmo tempo assustador! Não quero perder as minhas bebes....

Um beijo para ti!