quinta-feira, 10 de abril de 2008

Dos sentimentos...

Sempre me foi muito difícil expressar verbalmente os meus sentimentos... sou uma apaixonada pelos meus, sofro com a mera possibilidade de os sentir a sofrer, choro em silêncio se lhes vejo o olhar triste, escondo-me para sofrer sozinha o desespero de ver as minhas raízes murcharem lentamente mas nem sempre consigo expressar abertamente o quanto lhes sinto a falta, o quanto os amo e o quanto ainda preciso deles!
-
Amanhã, o vôvô tem alta, não há muito mais a fazer... é esperar que o tempo ainda nos permita estar um bocadinho mais com ele... para lhes podermos dizer que gostamos muito dele! Por um lado, sinto-me feliz, pelo menos a sua vontade está a ser realizada... regressar a casa, à sua casa, nem que seja para lá passar os seus últimos momentos, mas rodeado de carinho e afecto!
-
És a única pessoa, meu amor pequenino, que me ensinou a dizer todos os dias, a todo o instante que a adoro, que por ela faria tudo, o possível e o impossível mas continuo a ter medo, muito medo, de nem sempre deixar transparecer o turbilhão de sentimentos que invadem o meu coração!
O último ano foi tão doloroso... perdas a mais... tenho medo!
Sinto-me uma menina assustada a ver o seu castelo de afectos ruir lentamente!
E as lágrimas rolam tristemente...


Esta música toca-me, resume tudo aquilo que sinto, que sempre senti, faço da sua letra as minhas palavras...
-
Se o amanhã nunca chegar
-
Algumas vezes tarde da noite
Eu fico acordado observando-a dormir
Ela está perdida entre lindos sonhos
Então eu apago as luzes e me deito na escuridão.
-
E pensamentos passam pela minha cabeça
E se eu não acordar amanhã?
Será que ela terá dúvidas de que a amei
Com todo o meu coração?
-
Se não houver amanhã...
Ela saberá o quanto eu a amei ?
Será que eu tentei de todas as formas
Mostrar-lhe todos os dias
Que ela é a única?
Se meu tempo na Terra acabar,
Ela deverá enfrentar este mundo sem mim...
Será que o amor que lhe dei no passado
Será o suficiente
Se não houver amanhã ?
-
Eu já perdi pessoas na minha vida
Que nunca souberam o quanto eu as amava
Agora eu vivo com o remorso de que
Meus verdadeiros sentimentos por elas nunca foram revelados
-
Então eu fiz uma promessa a mim mesmo
Dizer a cada dia o quanto ela significa para mim
E evitar aquela circunstância
Onde não há uma segunda chance
Para dizer-lhe o quanto a amo
-
Se não houver amanhã...
Ela saberá o quanto eu a amei ?
Será que eu tentei de todas formas
Mostrar-lhe todos os dias
Que ela é a única?
Se meu tempo na Terra acabar
Ela deverá enfrentar este mundo sem mim...
Será que o amor que dei a ela no passado
Será o suficiente?
Se não houver amanhã ?
-
Então diga a quem você ama
O que você pensa dela
Pois pode não haver amanhã
(...)

11 comentários:

Carla Santos disse...

caramba , fizeste-me chorar às 9h da manhã .........
pensa positivo!
aproveitem ao máximo cada segundo com o vôvô , ele ( e vocês ) merecem

a musica é linda, eu também a adoro :)

beijos da carla :)*

Isabel disse...

minha querida...
que não fique nada por dizer, nem abraços e carinhos por dar!
os nossos filhos são mesmo a nossa maior lição de vida!
beijinhos grandes e um xi bem apertadinho

Docinho disse...

Não estejas assim... sei que é fácil falar... mas pensa positivo!
Assim custa ainda mais...
As perdas doem... mas tb ganhamos muito com o que temos...

Um beijo... doce!

Dianinha disse...

Muita força e pensamento positivo!
Beijoquinhas de ânimo!

Ana Isabel disse...

Não fiques assim linda.
Sei q é fácil falar qd n somos nós que passamos pelas coisas.
Bjs grandes

Mar disse...

Lindo...
Tem coragem amiga, tenho a certeza que ele sabe o quanto o amas, assim como a tua filha também sabe. O teu amor sai por todos os teus poros, está em todas as tuas palavras e gestos, porque se assim não fosse não escreverias como escreves.
Uma beijoka grande e muita força

PS. Obrigada pela tua preocupação. Não há muito q possa fazer agora, e ir lá só as indispõem contra mim (e por acréscimo podem faze-las embirrar com ele). Alem disso pertubo as outras crianças que começam a chamar pelas maes...

Andreia disse...

:(
Nem seio que te diga amiga!!
Sei como te sentes neste momento... mas aproveita todos os momentos e diz-lhe tudo o que tiveres a dizer!!!

E agarra-te com todas as forças ao sorriso e à alegria da tua filhota!!!

Um beijinho para ti.

Sandra disse...

Eh miga, por favor n fiques assim...
pensa positivo...eu sou um pouco como tu!:S

Beijinhos a desejar-te td de bom!

María&Pezucos disse...

Sou como tu, não expresso os meus sentimentos, mas é porque acho que ninguém me quer ouvir, por isso sempre escrevi muito...

Com o meu filho foi inato, mal ele nasceu todos os dias expresso o meu amor por ele, a ele.

Deixo-te aqui um xi-coração bem apertadinho.

Bjnhos grandes

Dianinha disse...

Para te animar, tenho um miminho para ti no meu cantinho!
Beijos e bom fim de semana!

Mamã dos Diabinhos disse...

Não sei o que dizer...

beijocas