quinta-feira, 20 de maio de 2010

Receios...

.
.
Porque é que sempre que partes num passeio escolar fico assim, meio atordoada e de coração apertadinho?
Sei que te vais divertir, que estás em segurança mas o medo de não te conseguir proteger sempre supera tudo...
E dói... nunca pensei que Amar doesse a este ponto!

3 comentários:

Gabriela disse...

Ó minha querida, acho que só tu me compreendes, porque, sempre que leio os teus textos, revejo-me neles!

Eu também receio cada situação cuja minha ausência possa simbolizar perigo. Se eu pudesse, estaria com ele em cada momento e protegê-lo-ia sempre de tudo e de todos. Pode parecer patológico, provavelmente é, mas não consigo controlar!

Amar tanto dói, não tenho dúvidas!

Nunca tive tantos medos em toda a minha vida. Pensei que ao ter o meu menino seria totalmente feliz, mas, na verdade, tornei-me tão obcecada, tão protectora que sinto algo, que não é infelicidade, mas é medo, um medo que me impede de ser real e efectivamente feliz.

Ai, ai!...

Bjs

Mãe-Galinha disse...

Ser mãe é sofrer... sempre o ouvi dizer e estou a senti-lo na pele desde o dia em que fui mãe!

Concordo com a Gabriela! Tu és a nossa voz na blogosfera! Tb me revejo em todos os textos que aqui publicas...

Beijoca apertada e obrigada pelo comentário no meu cantinho! :***

María disse...

Ai doí doí!!!

Sei bem o que dizes...

Beijoca
María