segunda-feira, 9 de março de 2009

Pequena autobiografia...

1. De facto é uma Verdade, sou muito explosiva SIM... mas com quem mais amo! A impaciência é realmente uma das minhas características! Essa impaciência é a minha maior inimiga, fere-me e rapidamente me retira o sorriso da cara, fazendo tristemente rolar as lágrimas que a tanto custo tento sufocar!
São estas lágrimas que revelam o maior dos meus segredos... o desejo de viver a vida como se do último dia se tratasse, mas a incapacidade de o fazer... medo, insegurança?
.
2. Sempre desejei ir para o Brasil mas tenho pavor a aviões. Não fui para lá, sempre que falava sobre a hipótese, as lágrimas vinham-me logo aos olhos... assim, NÃO fui para o Brasil, passei a minha lua-de-mel em Paris! A cidade do Amor...
.
3. NÃO, não tenho dois irmãos, mas só um! Um ser que adoro mas não compreendo, que admiro mas culpo muitas vezes pela distância que tantas vezes nos separa, apesar de morarmos ao lado um do outro. Uma pessoa com uma duras vivências, mas cuja força de vontade mostra que o ser humano é sempre capaz de ultrapassar os seus prórpios limites... basta desejá-lo!
.
4. SIM, sou professora de Português e Francês, em duas escolas separadas por 70 km de distância... aquela que me faz sofrer por me manter longe do abraço que me consola, do sorriso que me ilumina o dia, do rosto que me faz acreditar que tudo vale a pena!
.
5. Acredito muito no que valho, mas NÃO sou muito decidida... o medo e a insegurança impedem-me muitas vezes de lutar por tudo aquilo em que acredito! Gostaria de mudar, não consigo!
.
6. Já referi várias vezes que SIM, que adorava sentir de novo o milagre da vida... ser novamente o ventre que desenha anjos, que os alimenta e faz crescer, longe das dores e maldades do Mundo, mas, para além da instabilidade profissional actual, o medo de não conseguir amar tão desmesuradamente outra pessoa como amo a J., é de facto um medo presente em mim.
.
7. Quando pensava em ser Mãe, sempre me imaginei com uma Menina nos braços. Lembro-me perfeitamente que sempre acreditei, mesmo quando a médica me dizia que era menino! Quando na morfolófica o médico confirmou o meu instinto, a minha Felicidade não tinha limites! SIM, ia ser mãe de uma princesinha!
.
8. NÃO, não vivi oito anos na Bélgica mas sim no Luxemburgo... Enquanto lá vivi, estudei foi vários anos na Bélgica! Tempos passados, que saudades... recordações que guardo carinhosamente em mim!
.
9. SIM, sou esquerdina (e a J. também). Escrevo com a direita porque a isso me obrigaram em pequena (e o que eu sofri com isso!). Faço tudo com a esquerda, com excepção da escrita. De tanto insistirem comigo, é óbvio que ganhei força com a a direita. E SIM, por muito estranho que pareça, consigo, apesar de tudo, escrever com as duas. Da esquerda para a direita e vice-versa. E com as duas em simultâneo (em espelho e normalmente).
.
Afinal sempre têm razão quando dizem que não me dou muito a conhecer, que os meus olhos dizem mais de mim que as minhas próprias palavras...
Sou um misto de ternura e revolta... enclausurada num Mundo de sonhos...
.

6 comentários:

beedrill disse...

acertei em duas não está mal...beijinhos e boa semana

Mary disse...

Bem .. não acertei nenhuma! Mas ainda me espanta como a médica disse que era menino! normalmente acontece o contrario ... qdo os meninos têm a pilita escondida e confunde-se com menina (aconteceu com uma tia).
Mas gostei de te conhecer um pouqunho mais.
Bjs

Sandra e Afonso disse...

:)
Gostei muito de ler, linda!
Beijo, beijo, beijo

Sandra e Afonso
www.bebeafonsinho.blogspot.com

sonia disse...

Bem...continuo incrédula a imaginar-te explosiva LOL
a sério que não te imagino NADA assim!
beijinhos

María e Pestilecas disse...

Fiquei a conhecer mais um pouco :)

Beijo
María

Carla Santos disse...

assim conhecemos-te ainda melhor :)
hoje também fiz o jogo.. isto é engraçado pá

beijos grandes às duas :)*